Quinta-feira, 30 de Novembro de 2006

(...) encontrei a obra de Cesariny com 18 anos e um arrepio. Não sabia que a nossa língua se prestava àquilo. Por minha máxima culpa, não sabia que se podia descrever “Um anão inglês a atravessar uma rua inglesa / com um fato à inglesa muito curto / e a mãozinha inglesa a dar a dar”. Quando soube, apanhei tal devoção pelo homem que desatei a lê-lo e a relê-lo inteiro, poemas, ensaios, epístolas, polémicas, manifestos. E tentei ridiculamente copiá-lo, rabiscando versinhos miseráveis. E um dia escrevi-lhe uma carta de agradecimento e louvor, que o decoro me impediu de enviar (...)

***

(...) há sempre cépticos dispostos a duvidar da gloriosa tradição das ONG e da utilidade de exercícios assim. Por exemplo, nem todos acreditavam que umas bandas “pop” aos guinchos em Londres aboliriam a fome em África. E depois viu-se. A título de garantia adicional, uma das promotoras do Orgasmo Global chama-se Donna Sheehan, e é a exacta senhora que, em 2002, mandou 50 mulheres de diversas idades e figuras tirarem a roupa e gritarem a palavra “Paz”. Os resultados, na harmonia terrestre e no êxodo de inúmeros homens rumo à homossexualidade, ainda hoje repercutem (...)

Vai de metro, Satanás
A frase acima, de Alexandre O’Neill, ilustra o relatório do Tribunal de Contas, que anteontem apontou, além de umas trapalhadas avulsas, diversas “irregularidades” nos prémios, nos salários e nas restantes benesses da administração da Metro do Porto. Ficamos assim informados de que os prémios anuais se aproximam dos 100 mil euros, que os salários dos administradores não executivos atingem os 3250, e que estes últimos auferem um crédito mensal de outros 1250 para gastos menores. Convém acrescentar que o relatório é de uma irresponsabilidade atroz.
(ler o resto)


publicado por ag às 16:15 | link do post

Domingo, 26 de Novembro de 2006

Ouro trigo leão e prata e crina
te esperam sob o vaso menstrual
Separarás primeiro a água e a mina
Porque a água não é um mineral

No coágulo te espera areia fina
e sob a areia planta sideral
que ao manto do Rei Verde se combina
porque a Planta não é um vegetal

Ao homem cabe o Ouro de buscá-lo
E a sua cria morta ou imortal
tirá-la-às do ventre de cavalo
porque o Homem não é um animal

E se o espelho de cobre te fascina
se te aparece o Monstro do Umbral
que à ígnea terra o atro abismo ensina
e nas trevas afunda o Bem e o Mal

Reduz expurga fende e ilumina
e com espada de fogo talha e inclina
porque o Fogo não é o seu sinal


publicado por ag às 12:53 | link do post

Sexta-feira, 24 de Novembro de 2006
23 de Novembro
E a verdade, espantosa que seja, é uma: o país é governado por Sócrates e Cavaco. Como se tornou isto possível? Através de duas monstruosas conspirações: as “legislativas” de 2005 e as “presidenciais” de 2006.
***
Enfim, à hora do jantar, um amigo telefonou a informar-me da “chave” sorteada, para que eu a confrontasse com a nossa. Insultei o meu amigo e prossegui a refeição (cabrito, pelo amor de Deus). Ele voltou a ligar. Desculpei-me ao cabrito e, por desfastio, procurei as cópias dos boletins. Comparei número a número, estrela a estrela: nada, nada, nada, nada, sim. Sim. Sim, pois. Tudo certo, primeiro prémio, “jackpot”, fortuna a caminho. Não saltei de euforia, não me mexi nem falei. Deixei-me ficar sentado, a medir, sem conseguir medir, o que viria pela frente.
***
Na quinta-feira, o eng. Sócrates apareceu a exaltar o sucesso do Plano Tecnológico entre os jovens. Com inteira propriedade, aliás: para esse exacto dia, centenas de alunos do “secundário” haviam convocado uma greve por SMS e “e-mail”, exibindo com destreza a adaptação das crianças à modernidade.


publicado por ag às 04:51 | link do post

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2006

...Masculin Féminin, de 1966, foi o último. A canção chama-se Tu m'as trop menti. A voz é de Chantal Goya, que também interpreta a fita, junto com Jean-Pierre Léaud, Marlène Jobert e, em cameo visível acima, BB, esse mistério que tanto defende a propriedade privada, os direitos dos animais, o anticomunismo e o anti-islamismo primários (sem dúvida os melhores), como apoia Le Pen. Deus, que a criou, que a entenda.



publicado por ag às 00:19 | link do post

Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006
(16 de Novembro)

Aviso: esta crónica não fala de Santana, do livro de Santana ou das queixas de Santana. Se discutirmos demasiado o homem, arriscamos dar-lhe razão, e, o que é pior, arriscamos descobrir que ele terá alguma.
***
Há quem doe o cadáver à ciência. Eu estou disposto a oferecer o meu corpo vivo à burocracia de Bruxelas, e, se bem remunerado, deixar que ele parta em digressão pelas capitais dos 25, promovendo o acabado (salvo seja) exemplo do europeu médio.
***
Importa que o PCP festejou, rodeado de amigos, os seus “85 anos de solidariedade com os povos em luta” (o lema do Encontro). E importa ainda mais que, a julgar pelos países e instituições convidados, os ditos povos talvez gostassem de agradecer pessoalmente ao PCP o empenho.
***
É que, embora às vezes não pareça, a rua não existe apenas para resmungos colectivos. Há quem a utilize com a prosaica finalidade de se deslocar de um sítio para outro. E os resmungos, porque empanturram o trânsito e produzem barulho excessivo, são naturalmente desagradáveis.


publicado por ag às 16:51 | link do post

(Com um pedido de desculpas pela ausência no lançamento, um obrigado ao casal Quevedo pela prenda, e um enorme abraço ao Carlos pelo Carlos.)



publicado por ag às 16:44 | link do post

Quinta-feira, 9 de Novembro de 2006
A volumosa vitória dos Democratas (...) é antes de mais uma enorme condenação da guerra do Iraque. (Vital Moreira)
A Administração Bush parece estar, finalmente, a pagar o preço. (Pedro Arroja)


publicado por ag às 10:28 | link do post

mais sobre mim

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Últimas

Dias Contados

A crónica do DN

A crónica da Sábado

Juízo Final

Dias Contados

2008, um lugar

2008, um filme

2008, um livro

2008, um disco

Juízo Final

Arquivo morto

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

Outubro 2003

Setembro 2003

Agosto 2003

tags

crónicas da sábado

crónicas do dn

involução da espécie

todas as tags

Outros
blogs SAPO
RSS